Me entreguei

large (1)

De repente me pego sentada na minha cama lembrando de nós, ou melhor, do que nós éramos…

E aí, começo a lembrar do jeito que as coisas começaram, não tinha absolutamente nada para dar certo, e bem, não deu.

Começamos de um jeito errado, afobados pelo calor do momento, carentes em pleno mês de maio. Da noite para o dia, resolvemos assumir um relacionamento. Eu, pela terceira vez estaria me entregando de corpo e alma, literalmente. Me deixei levar por palavras bonitas do tipo “você é diferente das outras”, “quero muito namorar contigo”, “eu vou mudar, prometo”, e na primeira semana de namoro, surgiu a primeira briga, e com isso, a primeira agressão…

Eu sei que ali, naquele exato momento era hora de dar um fim no que nem havia começado direito, mas cá entre nós, o coração é muito burro! “Ah, ele vai mudar, foi na hora da raiva”.

Não, ele não mudou, se passaram meses e a cada dia as brigas iam piorando, promessas não cumpridas, juramentos em vão, a infantilidade tomou conta do relacionamento e já não haviam sorrisos, só choros, gritos e brigas.

Minha mãe, minhas amigas, familiares e até apenas conhecidos tentavam me alertar, mas nada adiantava, eu havia me entregado, serrado os olhos e deixado que tudo fosse indo, pelo menos eu tinha ele, então tava tranquilo.

É, nós vivemos meses e anos em relacionamentos ferrados, por modo de ficarmos sozinhas, que bobagem.

Foram términos e voltas, e cada vez estava piorando, até que chegou um dia que eu criei coragem, me olhei no espelho e vi uma mulher crescida, linda, forte e certa que só queria uma unica coisa na vida, a tal da felicidade, e isso ele não conseguiria nunca me dar. Vamos lá, basta, hora de dizer adeus, respira e não pira, força menina, você consegue!

Sim, eu consegui, enfim, livre, leve, solta e mais linda ainda.

Se tem uma coisa que aprendi é jamais me entregar por alguém que não me dê nem 10% do que mereço, quero ser preenchida, quero alguém que me faça feliz, que não fique em cima do muro, por que de incertezas, bastam as minhas.

Vamos anotar para não esquecer: “jamais viver em um relacionamento ruim por medo de ficar sozinha”. Pois basta uma semana, duas, três, talvez um mês, você já encontrará pessoas melhores que te farão um bem enorme!

De volta!

Oi oi pessoal, ainda lembram de mim? Pois bem, cá estou eu voltando para o blog.

tumblr_ll3ife5Rdo1qaxmg0o1_500_large

Bem, vou explicar, quem me acompanhava deve lembrar que eu criava posts sobre tendência, moda, maquiagem e fazia resenhas, agora eu venho com uma novidade, de igual só vai ser o nome (por enquanto), pois venho com muitas novidades para o blog, e o assunto específico será resenhas de livros (principalmente), séries, filmes e também textos avulsos sobre relacionamento e comportamentos em sí. Lógico, como sou meio fissurada por assuntos mais femininos é bem possível, que talvez saia alguns posts no decorrer do tempo sobre moda, maquiagem e afins…

Enfim, espero que agora dê certo e que vocês curtam os textos que ainda virão pela frente!!!

Resenha Annabelle

annabellenewp2

Nesses últimos dias eu resolvi parar de sair e ficar em casa assistindo séries, filmes e lendo. Tenho então várias resenhas novas para o blog.

No blog da Isabela Freitas eu vi um post sobre o filme Annabelle, fiquei muito curiosa e então resolvi assistir.

Eu sempre assisto filmes online, até porque meu notebook está lotado e não consigo mais baixar nada nele, deixei carregando na sexta-feira e de noite comecei assistir, porém, sem sucesso, fiquei com medo (e olha que não sou medrosa), então para evitar uma noite mal dormida, resolvi assistir sábado de tarde. Adorei, achei aterrorizante mesmo, agora estou em dúvida se me assustei mais com Invocação do Mal ou Annabelle.

boneca-annabelle-invocacao-do-mal-apavorado

O melhor dele é que ele dá muito susto, no inicio é meio confuso entender o lance da boneca, mas depois você vai entendendo o porque do nome e de cada acontecimento e tudo começa fazer sentido.

O filme é focado na família que após terem a casa invadida por um casal que fazia parte de uma seita demoníaca passam a conviver com situações estranhas pela casa, mas tudo piora quando a filha do casal nasce.

tumblr_ncs5zbTwE51tgg8wlo1_500

Indico muito, assistam, vale a pena. Li muitas críticas até mesmo sobre a produção, mas na minha opinião está tudo ok. Você fica tão focado que não consegue nem piscar, parece que precisa invadir o filme pra ajudar a família. Muito bom mesmo!

Já assistiram, o que acharam? Beijos

Tendência 2015 – Cabelos

Não vamos dizer que 2015 “acabou de chegar” e já saiu as tendências de roupas, cortes, penteados e cores de cabelos por que já estamos em Fevereiro. (Já, férias acabando e contabilidade chegando);

Mas há muitas tendências novas, para o verão e o cabelo curto está sendo o queridinho das celebridades, desde o bem curtinho (Joãozinho) e o Bob que é um pouquinho mais comprido, até as orelhas, mais ou menos.

Mas se você é tipo eu, que deixou um tempão o cabelo crescer, morre cuidando e não quer cortar, a tendência também são cabelos longos, com aspecto natural, ou seja, corte reto.

modamodamoda3  4-Atrizes-com-estilo-bobCortes-de-cabelos-curtos-imagem-10

Já na cor, mudou um pouquinho, em 2014 a moda era cabelo cheio de mecha e ombré, em 2015 o que estará fazendo a cabeça das mulheres será a textura homogênea, e claro, cabelo com movimento, esqueça a chapinha.

cortes-de-cabelo-verão-2015-5

Já nos penteados, as tranças serão muito bem usadas tanto em ocasiões formais com também em ocasiões casuais. Segue algumas tranças lindas até para ir para a escola:

001cdc_1644

Curtiram as novas tendências? Vou continuar meu estilo Rapunzel, Joãozinho comigo não!!! hahaha beijus

Resenha: Não Se Apega Não – Isabela Freitas

E ai gatinhas, eu disse que voltava.

De começo vim com uma resenha do livro “Não Se Apega Não”, da Isabela Freitas. Eu queria muito ler, estava passando por um momento de muitas confusões e não queria esperar chegar da internet, então resolvi ler em PDF, claro que não é a mesma coisa, mas mesmo assim eu estou in love, literalmente.

download(peguei a imagem da internet por que o meu ainda não chegou)

Além dele ser muito fofo, a história é muito boa e ajuda mesmo gente, me trouxe uma paz anormal, que nunca havia sentido antes lendo um livro, li ele em 4 dias de tão apaixonante, quando acabou fiquei até triste (sério).

O livro é narrado pela Isa mesmo (acredito que todos conhecem), ela conta a história da vida dela, toda atrapalhada, toda confusa por causa do sentimento que mais ouvimos falar hoje em dia, o amor, aquele que destrói nossos dias, tira toda nossa alegria e do nada, é capaz de fazer a gente sorrir por uma simples mensagem ou ligação. (CLICHÊ)

Ela era super apegada, queria seu príncipe encantado de qualquer jeito e por isso, sempre que encontrava um gatinho já criava um monte de expectativas, o fim era o mesmo quase sempre, quebrava a cara. Porém, depois de muitas pessoas saindo da sua vida do nada, sem ao menos avisar, ela foi ficando madura, parou de procurar o amor e começou a desapegar.

“Nem me apaixonar, nem me decepcionar. Eu só queria uma certa calmaria antes que
viesse uma nova tempestade. Porque você sabe, elas sempre vêm.”

O resto vou deixar que vocês descubram lendo, por que olha, vale muuuuuito a pena!

Podem comprar na Saraiva, tá com um preço muito bom!

E aí, quem já leu, o que acho? Beijãoo

Tendência: Ciganinha

Sumi de novo do blog, e dessa vez a culpa não foi minha, foi do WordPress que não estava carregando nada direito, muito triste, mas fazer o que né?

blusa-ciganinha

Já vi muitas meninas postando fotos usando as ditas blusas com as duas mangas caídas, lembrei que quando eu tinha uns nove anos, eu usava umas assim (saudades nove anos, saudades), e aí, comecei ver que nas vitrines das lojas e em blogs estava super na moda a tal blusa ciganinha. Confesso que não tenho nenhuma ainda, mas acho super lindo.

Esse tipo de blusa que também pode ser chamado de blusa ombro a ombro já foi muito bem usada nos anos 70, é uma peça bem versátil, pode-se compor looks despojados, modernos ou então, romântico. Serve para qualquer tipo de pessoa, tanto magrinha como mais cheinha.

Como usar

Muito fácil de combinar, você pode usa-lá com short, calça ou uma saia jeans, estará pronta para sair à tarde com amigos ou então em alguma janta casual.

Combinando a peça com uma saia peplum ou uma mais rodada, você cria um look super fashion para sair à noite.

Como essa blusa continuará super em alta no verão, pode-se ainda usar com uma sandália ou rasteirinha, fica chique!

Inspirações

ciga4

ciganinha2ciganinha collage4

Gostaram? Beijuss